PQP

Tô revoltada.

Odeio grosseria e estupidez.

Odeio mais ainda quando descontam frustrações em mim.

 

Tá irritado, vai tomar uma cerveja… Vai transar. Vai encher o saco de outro.

E ainda tiveram a audácia de me chamarem de desrespeitosa.

Se sou cabeça dura, ele também é. Se fui ofensiva, ele também foi. Se fui grossa, foi porque ele começou.

 

A situação foi a seguinte. Olha que ridículo.

 

Quando morava na Europa, comprei um iphone pela operadora Orange (bloqueado). Morei por lá um ano, tinha plano pós pago e tudo. Meu pai insistiu para eu desbloquear o celular lá. Eu fui em alguns lugares e, em todos as lojas que fui a resposta foi a mesma. Eles instalam um tipo de chip dentro do iphone e um programinha. Toda vez que desligar o celular ou que acabar a bateria eu teria que fazer um procedimento. Resolvi fazer isso no Brasil.

Depois que fiz esse procedimento pela IPhoneSP, fudeu. O celular só começou a dar problema. Desligava sozinho, o botão parava de funcionar quando bem entendia, e o procedimento de início não funcionava. Então resolvi comprar o iphone 4s e passar esse, o iphone 4, para minha irmã caso ela quisesse.

Pois bem, ela quis. Ficou dois meses com a merda do celular e hoje resolveu ir trocar o chip na vivo. O celular não funcionou, deu pau.

Meu pai, sinônimo de delicadeza e doçura, começou a ficar irritado (não sei porque, o celular não é dele) e começou a ser grosso no telefone quando estava na vivo. Eu, que não ando legal, comecei a ser grossa também. E nisso acabei sendo grossa com minha irmã que não fez nada. Me senti mal por isso.

Eles vieram para cá, para eu tentar ajeitar pelo meu computador. Não deu certo. Aí que a coisa começou a esquentar. Tentei explicar que se eu tivesse feito o procedimento na Europa o resultado teria sido o mesmo. Meu pai disse que a culpa era minha, que eu não ouvia ele nunca, que eu só fazia merda, que eu sempre estava certa. FIQUEI PUTA!!!!!!! E disse: “Filha de peixe, peixinho é”.

Não levo mais desaforo de ninguem, nem dele. Já levei e engoli muito sapo. Se eu discordar de algo, ou tomar alguma atitude diferente, é porque eu não escutei e/ou sou cabeça dura.

Não posso levar minha vida baseada no que meu pai acha que é certo. Ele é tão controlador quanto a mãe dele. Ele me disse que eu to fudida na vida porque eu não escuto ele. Como se o que ele dissesse fosse verdade absoluta e todos deveriam dizer “amem”.

Até tentei pedir desculpas por ter sido grossa (não retiro NADA do que disse), mas ele passou reto e (talvez) fingiu que não me ouviu.

Então, quer saber, foda-se.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s